Firmino Pascoal

Firmino Pascoal nasce em Luanda em Agosto de 1954. Autodidata, músico desde menino, começa pelo canto, descobre depois a paixão pela percussão, prosseguindo e desenvolvendo sua carreira como músico e autor de música de raiz étnica africana com o projeto Lindú Mona, cruzando as sonoridades da sua infância africana com as da adolescência europeia. Ao mesmo tempo desenvolve sua vertente de artista plástico.

Partilhar

Redes Sociais

Discografia

Biografia

  • 1960 Estuda no Colégio D. Maria em Luanda. 
  • 1961 Viaja para Portugal e estuda no Colégio Júlio Dinis em Ovar. 
  • 1962 Estuda no Colégio Santo Agostinho em Viseu. 
  • 1964 Estuda no Colégio Nuno Álvares de Tomar. 
  • 1969 Integra o grupo musical Quinteto Académico Synónimo de Tomar e toca em Cem Soldos, Tomar, Castelo do Bode, Ansião, Ferreira do Zêzere, Vila Nova de Ourém, Pombal e no 1º Festival de Música Moderna de Coimbra
  • 1970 Regressou a Angola onde foi reabsorver as raízes da sua música, reviver o quotidiano das suas gentes e reaprender o sentido da africanidade. Começou então a cantar Angola fazendo-se acompanhar pelo seu tambor. 
  • 1971 Joga futebol nos juniores do União de Tomar. 
  • 1972 Vive em Luanda, onde começa a compor na companhia de Rolando Pinheiro. 
  • 1975 No verão quente, começa a desenhar e a pintar participando de um painel de pintura colectivo. Integra o grupo de rock sinfonico Tantra, tocando num festival no pavilhão da Academica da Amadora. 
  • 1976 Integra o grupo de rock sinfonico Perspectiva, correndo Portugal de norte a sul em mais de 40 concertos. 
  • 1979 Colabora com o Duo Ouro Negro e participa do projeto pirâmide. 
  • 1980 Toca em pubs, cafés-concerto e discotecas. 
  • 1982 Participa no Festival da Canção com Jorge Fernando na canção «Umbadá». 
  • 1984 Integra banda de Jorge Fernando, participando em mais de 80 concertos. 
  • 1990 Marca o início de seu projeto musical Lindu Mona. 
  • 1991 Representa Angola na Festa «Mestiçagens», produzida pelo Êxito Estúdio e Produções Fata Morgana, realizado em «O Baile», espaço do Casa Pia em Santos (Lisboa). 
  • 1992 Festas de Alhos Vedros, Festas da Cidade do Barreiro, Café-Concerto do Teatro «A Comuna» em Lisboa. 
  • 1993 Concerto em Lisboa integrado na «Presidência Aberta» do Presidente da República Dr. Mário Soares, três espectáculos nas Festas de Lisboa (rua no Cais do Sodré), Exposição de Fotografia «Paz em Angola», participa do 1º Festival «Sete Sóis – Sete Luas» e das Manifestações Estivais de Pontedera, Casciana Therme, Piombino, Sirollo e Numana, Bobadela, Santo António dos Cavaleiros. 
  • 1994 Praça de Toiros da Moita, Café-Concerto da Comuna, Festival das Comunidades Estrangeiras em Portugal a convite da «OIKOS». 
  • 1995 Colabora como autores, músicos e actores no filme realizado por Jean Claude Brialy “VACANCES BOURGEOISES”, Santo António dos Cavaleiros, Pontinha, Festival anti-racismo no Barreiro, Passagem de modelos da J&NCreations, Teatro da Comuna. 
  • 1996 RITZ CLUB, Centro Cultural de Belém espaço 7 às 9, Palco das Comunidades de Loures. 
  • 1997 Participa de espectáculos no C.C.B., Arrentela, Ritz Clube, Tondela, Festival das Quatro Cidades no Fundão, V.R.S. António, Montemor o Novo e S. Pedro de Muel, Festival “Músicas do Mundo” Évora, Paio Pires, Figueira da Foz, Festival Maré de Agosto em Santa Maria Açores. Recomeça a pintar por influência de sua companheira, também ela música e pintora. 
  • 1998 Expõe em maio com Ritta Tristany numa colectiva de dois artistas na “Acercadanoite” em Almada. Homenagem a Ramiro Martins, Jazzbar em Lisboa, Auditório da RDP África. 
  • 1999 Prémios Maqueta 98 espectáculo de entrega dos mesmos prémios no cinema do Terço no Porto e concertos no CCB 7 ás 9, Parque das Nações RDP África, Festival de Paredes de Coura, Feira de Artesanato de Vila Nova de Famalicão. Participa da Exposição colectiva Lusófona na Galeria de Fitares, Câmara Municipal de Sintra. Faz parte do catálogo Geral de Artes Plásticas 99 da Câmara Municipal de Sintra. 
  • 2000 Promove seu 1º CD single, Forum da FNAC do Chiado, Colombo, RDP África, Terreiro do Paco na RTP Internacional, Speakeasy em Lisboa, Setúbal, Feira do Livro de Viana do Castelo, Buarcos-Figueira da Foz, RTP 1 “ A Praça da Alegria” e no CCB. Com outros artistas funda a Associação Baza. É convidado pela Câmara Municipal de Sintra a participar do encontro anual de Artes Plásticas, na exposição e compilação de um catálogo de desenhos sobre o tema “com amor envio um postal de Sintra”. Expõe numa colectiva de quatro artistas no foyer da sala das novas tendências do Teatro da Comuna em Lisboa. 
  • 2001 Toca na Guarda, Caldas da Rainha, Portimão no âmbito do Festival Sete Sóis Sete Luas e na Feira do Livro em Viana do Castelo. Funda o Festival Musidanças. Fevereiro marca o ponto de partida para as exposições individuais e assim é convidado pela Associação do “Fala-Só” para uma exposição a que o artista chamou de “Comunofonia”. Em outubro expõe em Campo Maior numa colectiva chamada “Os Celtébrios numa de café e cheirinho”. 
  • 2002 Em Janeiro expõe numa colectiva de dois artistas com Ana Oliveira na Galeria dos Serviços Sociais do Montepio Geral. Participa em março do Ciclo de Arte Lusófona na FNAC de Cascais, onde expõe numa colectiva com a presença de Ana Oliveira, Livio Morais, Antonio Ali Silva, Mito, Ritta Tristany, Fernando Morais, Yolanda Esteves. Em julho, participa, na galeria da Livraria “Ler Devagar” em Lisboa, da exposição intitulada “Boas, Más…caras”. Musicalmente tocou no Speakeasy em Lisboa, Fnac Cascais “Festival Musidanças”. 30º aniversário do Teatro da Comuna, Feira do Livro e Multimédia de Ovar, Feira do Livro de Viana do Castelo, Semana da Juventude de Santa Maria da Feira, Festa do Avante, lançam 1º CD Álbum na Fnac de Cascais, Fnac Colombo, CCB, Fnac do Almada, festa da Liga dos Hospitais de Coimbra, Fnac do Chiado. 
  • 2003 Promoção do CD de Lindu Mona a nível nacional e internacional, lançamento de video-clip “Mukuatutoma”, participação no tema “Tungo ngo uê” da compilação da editora Música Alternativa “Mother África”. Foi feita pela Editora Afrikool Rekords um remix do tema “Mukuatutoma”, RTP África no programa “Kandando”. Em fevereiro leva a sua pintura até a Galeria Municipal de Almeirim com a exposição sob o tema “Selva de Pedra”. Em junho participa da colectiva “Temporalidades” na Galeria Municipal de Ourém com os artistas Fernando Morais e Ritta Tristany. Agosto é o mês escolhido para, juntamente com Ritta Tristany, pintarem três painéis para a decoração dos camarins no Shopping Modelo de Portimão para a confecção do catálogo de moda Outono-Inverno. Em novembro participa com Ritta Tristany de  exposição no Turismo da Moita intitulada Modelos de Outono. 
  • 2004 Concertos no Centro Cultural de Campo Maior, Festival Musidanças no Moinho de Maré em Alhos Vedros, “Ás 2 por 3” da SIC, programa Etnias da SIC, Musidanças na Fnac Colombo. Na primeira quinzena de março expõe numa exposição colectiva chamada Tintas, tintos e outras cores na Galeria José Tagarro no Cartaxo. Em setembro expõe individualmente na Livraria Mabooki no Bairro Alto. 
  • 2005 Participa em setembro na segunda quinzena de exposição colectiva no Festival Musidanças realizado no Café-Concerto “Santiago Alquimista” em Lisboa, da qual participaram artistas como, Zé Cordeiro, Edna de Araraquara, António Firmino, Zé Pádua, António Conceição, Anselmo Amado. Toca no Fórum Fernando Lopes Graça, Vila Praia de Âncora, Festival Musidanças/2005 no Santiago Alquimista. 
  • 2006 Concertos no Centro Cultural de Lagos, Auditório Municipal Augusto Cabrita no Barreiro. 
  • 2007 Ano consagrado à produção do próximo CD. Passagem pela 7ª edição do Musidanças. 
  • 2008 Concertos em Cacilhas no 25º Aniversário do Coro Polifónico de Almada e no Barreiro nas Festas da Freguesia de Santo André. Presença na 8ª edição do Musidanças. 
  • 2009 Em outubro inserido nas Noites Mestiças Musidanças toca no DI BOX em Arruda dos Vinhos. 
  • 2010 Tive o prazer de participar este ano do City Festival of London em dois concertos, tendo com êxito exibido sua música no dia dos Descobrimentos em Hampstead Heath e noutro concerto em Guidall Yard. Lançamento em Novembro de seu 2º disco «Bantu». Presença nas Fnac Alfragide, Vasco da Gama e Faro. 
  • 2011 Concertos no Gloria Live Clube, Fnac Chiado e Colombo, Feira do Artesanato Estoril, Feira de Santiago em Setúbal, Arte&Manha e Musicbox no âmbito do 11º Festival Musidanças. 
  • 2012 Participa em junho do 2º Festival de Música de Setúbal na Casa da Baía. Em setembro da 22ª exposição de pintura «Madagáscar» na Galeria da Câmara Municipal de Almeirim.
  • 2013 Festival Musidanças em Viseu na Feira de S. Mateus, Fnacs Carnaxide, Almada, Cascais, Chiado, Vasco da Gama, Terrakota Bar na Quinta do Conde.
  • 2014 Festival Musidanças em S. Pedro do Sul, D4africa Festival at Lisbon no Bleza,  D4africa Fest. Immenstad (ger), Oliveira de Frades, Festa Solstício Jardins Palácio Ajuda, Encontro Alternativas Sintra, Melkia Spirit em Telheiras, Restaurante O Bispo no Seixal, Voando em Cyntia Sintra, Galeria Artur Bual Amadora, Globalfest Fábrica Braço Prata.
  • 2015 Amadora Fest Comunidades, Noites Mestiças no Musicbox, Open Day da ADAO Barreiro, Fnac Colombo e Chiado, Homenagem a Vitor Real na Casa da Cultura do Barreiro, Lusofonando nos Recreios da Amadora, na Malaposta em Odivelas, na ADAO Barreiro, em Moimenta da Beira na Expodemo, no Musidanças 2015 na Fábrica Braço de Prata e no Festival Imigrarte.
  • 2016 Fnac de Alfragide, Almada, Vasco da Gama, Colombo, Oeiras, Cascais, Faro, Guia, Leiria, Coimbra, Viseu, Porto Mar, Gaia, Santa Catarina, Norte Shopping e encerrei o ano na Galeria Zé dos Bois em Lisboa com a interpretação de temas de Alberto Tetalando numa homenagem a este compositor angolano na reedição do seu disco «Independência» pela editora Fanon Records.
  • 2017 Musidanças World Sessions no Lounge em Lisboa, Teatro Viriato e Feira Franca de S. Mateus em Viseu na «Deriva dos Continentes» do Carlos Clara Gomes, participa no disco e no concerto do projeto «Por Terras do Zeca» de Davide Zaccaria em Grandola. Edita com o nome de Firmino Pascoal no mês de novembro o seu 1º Álbum em nome próprio «Milongo de Amor».
  • 2018 Participa em Fevereiro no 18º Festival Musidanças em Tondela no Teatro Acert e em Maio lança um single e um vídeo clip denominado «Mukua Difuba» com a colaboração de Yami Aloelela e Ritta Tristany.
  • 2019 trabalha com Davide Zaccaria na produção e promoção do seu novo disco «Um Africano em Alfama» e com este artista participa em vários concertos de homenagem a Zeca Afonso entre eles no Multiusos de Guimarães, no Luísa Todi em Setúbal e no Capitólio em Lisboa.
  • 2020 Participação no Homestage Festival on line com mais de 100 artistas.

Agendar concerto

    Dados promotor





    Data e local




    Concerto com formação completaConcerto café-concerto com formação reduzidaConcerto showcaseFestivalFesta MunicipalFesta Particular

    Privacidade e Condições de Utilização