Memórias de continuar a ser Lindu Mona

Lindu Mona empresta o exotismo dos tambores e da suas vozes espalhando nas suas actuações sonoridades eléctricas e electrónicas com o perfume acre de África, as cores rosa das flores, a negritude do ritmo e o som acústico das vozes e das percussões. Conceito musical criado por Firmino Pascoal, para dar a conhecer e evoluir temas de influências étnicas de Angola misturadas com alguma electrónica, jazz ou blues. Depois de cerca de 30 anos chega o momento de revitalizar este projecto assumindo uma vertente Étnico Jazz. Convidámos os elementos deste projecto para uma tertúlia musical, onde vamos conhecer e dar a conhecer mais sobre a história de cada um e do projecto.