O Amor virá mais tarde

50 Anos depois, em Angra do Heroísmo, Carlos Alberto Moniz recria-se a cada nota, juntando a música Açoriana, os autores que desde sempre cantou e os valores pelos quais lutou, elevando os silêncios, as respirações e as harmonias que ecoam um pouco por todas as canções, levando à descoberta duma inesperada tensão que une a palavra e a música.

Para festejar este meio século de música, meio século de ilhéu, meio século de história, Carlos Alberto traz à sua cidade natal o Vitorino Salomé, o Dani Silva, o Pedro Jóia, o Samuel Quedas e a Lúcia Moniz, partilhando o palco com o Hugo Carvalhais no contrabaixo, o Carlos Lopes no Acordeão e o Jair Pina na percussão, numa noite de memórias viradas para o futuro. Recusando parar no passado, Carlos Alberto apresenta “O AMOR VIRÁ MAIS TARDE”, um trabalho diferente do caminho musical que lhe conhecemos, mostrando o constante movimento e crescimento artístico que o faz continuar a compor e a criar. “Angra, 50 Anos, Depois…” é um espectáculo de Carlos Alberto Moniz, produzido especialmente para a cidade onde nasceu, este Dezembro, dias 11 e 12 no Centro Cultural de Angra do Heroísmo.